Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

UMA EMBIRRAÇÃO

Tudo começou com uma embirração. A Maria Elizabete, de 25 anos, “não suportava sequer estar num sítio” se lá estivesse o Paulo Alexandre, da mesma idade. “Achava-o demasiado extrovertido. Irritava-me”, justifica a jovem, naquela altura – há quatro anos – sem suspeitar que desgostar intensamente pode significar adoração pelo avesso. Foi esse o caso e os dois vão casar-se, pelo Santo António, no dia 12 de Junho.
25 de Maio de 2003 às 00:00
“A primeira vez que nos encontrámos foi no Teatro de Carnide”, lembra a Elizabete. Tinham lá ido, cada um com o seu grupo, “beber um copo”. O Paulo, que já tomara “um a mais”, começou a falar alto e a brincar com quem ali estava, causando “péssima impressão” à Elizabete. Ele estava acompanhado da ex-namorada e pareceu-lhe “um conquistador”.
O Paulo justifica-se: “Eu era novo e gostava de divertir-me.” A Elizabete “detestava” a maneira que ele tinha de fazê-lo. Usa a expressão “amigas coloridas” para lembrar a leviandade do rapaz. “Ele não tinha namoradas, mas amigas coloridas.” Certo é que quando o Paulo chegava a um bar onde estava a Elizabete, os amigos dela já sabiam: era hora de partir.
Faz quatro anos no dia 4 de Agosto encontraram-se na praia da Torre, em Oeiras, e o ambiente surgiu mais desanuviado. Os amigos dela suspeitaram. “Mas eu dizia-lhes que não tinha paciência para o aturar”, lembra a jovem, que pouco depois deu boleia ao Paulo até uma discoteca. E ele deu-lhe um beijo. “Olha, olha este deve julgar que eu sou mais uma das amiguinhas dele”, pensou ela. Mas a partir daí, passou a ir frequentemente abastecer o automóvel à bomba de gasolina onde o Paulo trabalhava.
Viam-se então com regularidade e o rapaz avisou-a: podia reatar com a ex-namorada. Um dia encontrou-a. Conta a Elizabete: “Perguntei ao Paulo se tinha havido ‘química’ e se eu estava em risco”. O Paulo disse-lhe “para deixar de ser parva, pois o namoro não corria perigo.” Acertados os sentimentos, resolveram casar. A ideia de “ir pelo Santo António” foi de uma amiga da Elizabete.
PERFIS
ELA
Nome: Maria Elizabete Nogueira Vieira
Idade: 25 anos
Naturalidade: S. Jorge de Arroios, Lisboa
Residência: Benfica
Profissão: Esteticista
ELE
Nome: Paulo Alexandre dos Santos Martins
Idade: 25 anos
Naturalidade: Sé, Guarda
Residência: Carnide
Profissão: Motorista
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)