Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Uma vítima a cada 2 dias

No ano passado, deram entrada no Departamento de Investigação e Acção Penal de Lisboa 180 inquéritos relativos a abusos sexuais de menores, uma média de 3,5 processos por semana, o que dá um abuso a cada dois dias – que resultaram em 27 acusações. E já este ano deram entrada 35 processos, com quatro acusações.
31 de Maio de 2011 às 00:30
Sala júnior do DIAP foi inaugurada há um ano por Maria José Morgado
Sala júnior do DIAP foi inaugurada há um ano por Maria José Morgado FOTO: Natália Ferraz

Dos processos entrados em 2010, 146 foram arquivados. E neste ano, dos 35 processos abertos, 16 foram incorporados, apensados ou remetidos para outras comarcas. Estes dados do DIAP são conhecidos quando passa um ano da criação, a 1 de Junho do ano passado, da sala júnior do DIAP de Lisboa, pela qual passaram mais de 30 crianças que foram vítimas de abusos sexuais.

"A sala tem sido utilizada com êxito e bons resultados no acolhimento de crianças vítimas de abuso", diz a directora do DIAP, Maria José Morgado. A procuradora-geral-adjunta conta que há casos de crianças que se recusam a sair daquela sala depois de terminada a diligência pelos procuradores.

A sala, com desenhos de flores e de animais nas paredes e mobiliário infantil, permite que as crianças sejam interrogadas num ambiente mais amigável e confortável do que nas salas normais. São ouvidas e observadas por um vidro, sem se aperceberem da presença de magistrados.

CRIMES SEXUAIS CRIANÇAS DIAP INQUÉRITOS MARIA JOSÉ MORGADO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)