Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Urgência negada no Cadaval

Um comunicado afixado à entrada do Centro de Saúde do Cadaval informa que o serviço de atendimento permanente só atende “utentes inscritos no centro de saúde”, uma medida contestada pela população.
21 de Agosto de 2007 às 00:00
A Câmara Municipal aprovou uma moção por unanimidade, discordando da decisão. “As pessoas que nos visitam não podem deixar de ter atendimento na Urgência”, disse o presidente da autarquia, Aristides Sécio.
A directora do centro de saúde, Fernanda Lourenço, explicou que existe “falta de pessoal”: dos sete médicos, só quatro asseguram o serviço. A clínica salientou que “se for uma questão emergente, aconselhamos a ir a Torres Vedras, se não for, podem esperar pelo médico de família”, acrescentando que no fim-de-semana atendeu “sete ou oito pessoas de etnia cigana que estão na campanha da pêra e ninguém foi para trás”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)