Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Usam picareta mas falham roubo

Uma picareta foi o instrumento utilizado, na madrugada de ontem, por um grupo de assaltantes que arrombou a porta de uma empresa de trabalho temporário – a Serlima Target –, situada na avenida V6, na cidade de Portimão.
17 de Janeiro de 2010 às 00:30
Os assaltantes partiram a picareta que utilizaram para arrombar a porta da firma e abandonaram-na no local
Os assaltantes partiram a picareta que utilizaram para arrombar a porta da firma e abandonaram-na no local FOTO: Ana Palma

Segundo o CM apurou no local, os ladrões ainda tentaram arrancar o gradeamento que protegia a janela do estabelecimento, mas acabaram por destruir, com a picareta, as duas fechaduras da porta da Serlima.

Devido à força utilizada, a picareta partiu-se e acabou por ser abandonada, no local, pelos gatunos, que, entretanto, se puseram em fuga, sem terem roubado nada.

"Fui avisada do assalto, logo de manhã, pela dona de um supermercado próximo, que viu a porta destruída", contou ao CM Esmeraldina Pereira, funcionária da firma, segundo a qual "os ladrões revolveram tudo". Esmeraldina Pereira está convencida de que os assaltantes "apenas queriam dinheiro", que não existia nos escritórios da empresa. "Abriram os armários e as gavetas, atiraram papéis ao chão, mas deixaram os cheques que lá estavam, não se interessaram por eles, nós nem sequer tínhamos computador, pois tinha-se avariado", esclareceu a funcionária, que estima o prejuízo em "várias centenas de euros".

"No estado em que a porta ficou, nem sequer vamos conseguir fechar o estabelecimento, esta noite, e isso é uma preocupação", referiu, adiantando que há cerca de seis meses a Serlima tinha sido alvo de outra tentativa de assalto. "Tentaram arrombar a porta, mas não conseguiram", recordou.

A PSP foi alertada, tendo procedido à recolha de indícios no local.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)