Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Vaga de assaltos a taxistas

Um taxista de Coimbra foi assaltado ontem, ao início da tarde, por um casal que o obrigou, sob ameaça de uma arma branca, a entregar o dinheiro que trazia. Num mês, seis profissionais foram roubados por indivíduos que se fizeram passar por clientes.
16 de Abril de 2008 às 00:30
A última vítima saiu da praça 25 de Abril, na zona do Solum
A última vítima saiu da praça 25 de Abril, na zona do Solum FOTO: Paula Gonçalves

No caso de ontem, após consumar o roubo, o casal retirou as chaves da ignição da viatura e fugiu noutro carro que teria estacionado na zona da Quinta da Boavista. Os assaltantes tinham apanhado o táxi na praça 25 de Abril, ao Solum.

Segundo o presidente da Politaxis de Coimbra, há registo de pelo menos mais cinco taxistas assaltados no último mês. O modo de actuação é semelhante: ou chamam um táxi e, quando o taxista chega, é roubado, ou então apanham um numa praça, como fizeram ontem, e levam-no para um local que conhecem e pouco movimentado. Os assaltantes usam armas brancas ou de fogo para ameaçar as vítimas.

À excepção do último, os roubos verificaram-se à noite ou de madrugada. "Só na semana passada houve três em noites seguidas", conta um taxista, lembrando que em alguns casos actuaram três indivíduos e noutros apenas um ladrão.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)