Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Vandalismo em viagem a quartel

Um grupo de 114 jovens de Olhão viajou anteontem até ao quartel do Regimento de Infantaria de Beja, em dois autocarros fretados pelo Ministério da Defesa, para participar no Dia da Defesa Nacional. Desacatos na viagem de ida levaram os motoristas a temer pela sua integridade física, pelo que o trajecto de regresso foi feito sob escolta da GNR.
14 de Maio de 2006 às 00:00
De acordo com o tenente-coronel Couto, do Regimento de Infantaria de Beja, os jovens de Olhão não provocaram desacatos no quartel. Os problemas surgiram na viagem para Beja, com assentos do autocarro vandalizados e desacatos numa estação de serviço.
Os motoristas temeram pela sua segurança e pediram escolta. Os dois autocarros, com militares da GNR no interior, iniciaram o regresso pelas 21h00, escoltados por duas viaturas da BT de Beja. Nas portagens de Paderne, juntou-se-lhes a BT de Albufeira. A viagem terminou pelas 23h30, sem incidentes.
O presidente da Câmara de Olhão, Francisco Leal, condenou as “atitudes menos dignas de meia dúzia de jovens” e disse que vai tentar apurar os nomes dos desordeiros e escrever uma carta às famílias, para manifestar o seu profundo desagrado.
Ver comentários