Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Vândalos atacam obras no Aleixo

Duas retroescavadoras que se encontravam nas imediações da torre 5, do Bairro do Aleixo, no Porto, e que eram usadas para a remoção dos escombros após a implosão do edifício foram ontem destruídas pelo fogo. O prejuízo é superior a 80 mil euros e a PSP está agora a investigar a origem do sinistro.
21 de Dezembro de 2011 às 01:00
Cabinas das duas retroescavadoras ficaram totalmente destruídas pelo fogo
Cabinas das duas retroescavadoras ficaram totalmente destruídas pelo fogo FOTO: DIREITOS RESERVADOS

Os Sapadores do Porto acorreram ao local cerca da 01h00 e extinguiram as chamas que deixaram as máquinas inutilizadas. Os moradores, aos agentes da PSP do Porto, disseram nada ter presenciado. "Não vimos nada, mas também não temos pena nenhuma. Isto mostra a revolta e a tristeza de muita gente", referiram ao CM alguns residentes do bairro, que preferiram manter o anonimato.

O director da obra, Ricardo Pereira, explicou que o seguro de responsabilidade civil não cobre danos de vandalismo. As máquinas serão removidas em dois dias e, ainda esta semana, serão substituídas, garantiu ainda o mesmo responsável.

Recorde-se que a implosão da torre 5 do Bairro do Aleixo, na passada sexta--feira, gerou protestos entre um grupo de moradores, que depois da demolição tentou agredir os agentes policiais.

PORTO VÂNDALOS BAIRRO DO ALEIXO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)