Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Vasco Brazão ameaça envolver Marcelo Rebelo de Sousa no caso de Tancos

Militar disse à irmã que tinha provas que atacavam presidência.
Tânia Laranjo 3 de Agosto de 2019 às 01:30
Vasco Brazão está indiciado por cinco crimes, entre eles tráfico de armas
Vasco Brazão
Vasco Brazão está indiciado por cinco crimes, entre eles tráfico de armas
Vasco Brazão
Vasco Brazão está indiciado por cinco crimes, entre eles tráfico de armas
Vasco Brazão
Vasco Brazão foi apanhado ao telefone com a irmã a dizer que Marcelo Rebelo de Sousa não falaria mais sobre o caso de Tancos porque já lhe tinha feito chegar que tinha provas que envolviam a Presidência da República.

"Mas isto aqui é um propósito para meter outros nervosos. Vais ver que o papagaio-mor não vai falar sobre Tancos tão cedo. O papagaio-mor do reino não vai falar sobre Tancos tão cedo. Pois eles sabem, aliás o Sá Fernandes [o advogado] já lhes fez chegar, já fez chegar à Presidência que eu tenho um email que os compromete.

Por isso eles não vão falar sobre Tancos tão cedo. E quando for o julgamento isto vai rebentar", dizia Vasco Brazão à irmã, numa altura em que já estava em prisão domiciliária.

O Ministério Público é cauteloso com esta informação e diz desconhecer a veracidade do conteúdo, designadamente se existe ou não qualquer email.

Usa-a apenas para garantir que Vasco Brazão em liberdade irá tentar comprometer a investigação e atemorizar as testemunhas do processo em que se investiga a farsa da recuperação das armas de Tancos.

Recorde-se que recentemente o ex-ministro da Defesa foi constituído arguido, depois de, precisamente, Vasco Brazão ter reconhecido que toda a hierarquia militar sabia do plano gizado para recuperar as armas. O que incluía Azeredo Lopes.

Pormenores
Viola medidas de coação
O MP não queria que Vasco Brazão saísse de prisão domiciliária e alegou ainda que tem violado várias medidas de coação, entre elas contactar através da internet.

Testemunhas com medo
O MP diz que muitas testemunhas mostram medo de depor e têm muito cuidado com as palavras que usam. Dizem que Brazão é quem mais temem.

Cinco crimes
Vasco Brazão está indiciado por cinco crimes, entre eles tráfico de armas e associação criminosa. A domiciliária foi decretada pelo juiz de instrução criminal.

Detido em missão
Estava em missão na República Centro-Africana quando foi detido. Foi ouvido dias depois dos restantes arguidos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)