Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Mulher vê o filho bebé morrer

Mãe descreve momentos de pânico no socorro ao menino.
Paulo Jorge Duarte 13 de Março de 2017 às 08:43
INEM
INEM
INEM
Mateus, de 2 anos, estava a brincar com a mãe na casa da família, na Gafanha da Encarnação, Ílhavo, domingo de manhã, e ficou subitamente inanimado.

Em pânico, a mulher tentou reanimar o filho, mas sem sucesso. Quando os bombeiros e a viatura médica de emergência e reanimação do INEM chegaram já nada havia a fazer. O óbito foi declarado no local. A família ficou inconsolável com a tragédia e teve que receber apoio psicológico.

"Era o meu menino e não pude salvá-lo. Ainda fiz as primeiras manobras de reanimação, mas o INEM já não chegou a tempo. Agora fico só com a minha menina de 12 anos", disse ao CM a mulher, entre lágrimas. O pai de Mateus, ainda em choque, pouco conseguia dizer. Apenas confirmou a morte do filho.

Ao que o CM conseguiu apurar, o bebé tinha paralisia cerebral e tinha já sofrido episódios de insuficiência cardíaca. "Ele era muito doentinho e nós andávamos sempre com ele nos hospitais. Sempre tentei dar-lhe o maior conforto possível", disse a mãe de Mateus.

O cadáver do bebé foi transportado pelos Bombeiros de Ílhavo para o Hospital de Aveiro. A PSP foi ao local.
filho morte mãe pânico socorro ílhavo Mateus
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)