Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Veleiro encalha no areal

Embarcação teve de ser rebocada pelo salva-vidas de Ferragudo.
José Carlos Eusébio 5 de Julho de 2015 às 06:34
Barco encalhou em plena praia da Rocha, a 200 metros do molhe
Barco encalhou em plena praia da Rocha, a 200 metros do molhe FOTO: Miguel Veterano
Um navegador solitário foi traído pelo sono. O sueco, de 34 anos, estava há nove dias no mar. Tinha partido de Ponta Delgada (Açores) com destino a Gibraltar, fazendo escala em Portimão para reabastecimento. Mas o homem ter-se-á deixado dormir e acabou com o barco encalhado, pelas 07h00 de ontem, no areal da praia da Rocha. Só por sorte não foi embater nas pedras do molhe, que fica a cerca de 200 metros de distância.

"Quando cheguei à praia, às 08h30, fiquei surpreendido ao ver um barco daquele tamanho, no areal, todo inclinado de lado. Nunca tinha acontecido uma coisa parecida nesta praia", contou ao Correio da Manhã David Pimentel, nadador-salvador. O insólito acontecimento foi aproveitado por muitos banhistas para tirarem fotografias.

O veleiro sueco, com 9,4 metros e de nome ‘Susie Q’, não aparentava danos estruturais. Acabou por ser rebocado para o mar pelo barco salva-vidas de Ferragudo, aproveitando a enchente da maré. O navegador é muito experiente e, antes de passar pelos Açores, terá estado na zona das Caraíbas. Apesar de ter apanhado um susto, o homem saiu ileso do acidente.

O veleiro só poderá retomar a viagem com destino a Gibraltar depois de ser alvo de uma inspeção pelas autoridades portuguesas.
veleiro encalhado areal Portimão Praia da Rocha acidente Ferragudo
Ver comentários