Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Velocidade em Lisboa

A sinalização é clara – na Radial de Benfica, na cidade de Lisboa, é proibido circular a mais de 80 km/h. No entanto, um automobilista já foi apanhado pelo radar a circular naquela via a 218 km/h. Este é apenas um dos muitos abusos que os nove radares já instalados pela Câmara, de um total de 21, têm denunciado. Os equipamentos apanharam, entre 19 de Dezembro (data de entrada em funcionamento) e 11 de Janeiro, 71 029 condutores em excesso de velocidade.
17 de Janeiro de 2007 às 00:00
Prevenção até Abril
Prevenção até Abril FOTO: Manuel Moreira
Segundo dados do gabinete da vereadora Marina Ferreira, do pelouro da Mobilidade da Câmara de Lisboa, já vários automobilistas foram detectados a circular a mais de 200 km/h, tanto na Radial de Benfica como na Segunda Circular. Mas os excessos verificam-se em todas as vias em que o trânsito é controlado pelos radares (ver infografia). Na Avenida Gago Coutinho, onde a velocidade máxima permitida é de 50 km/h, já foi detectado um condutor a ‘passear’ naquela via a 165.
Os nove radares em funcionamento foram instalados a 19 de Dezembro e estão localizados na Radial de Benfica (dois), no prolongamento da Av. Estados Unidos da América (dois), na Av. Gago Coutinho, na Segunda Circular (um em Benfica e outro nas Calvanas) e nas duas saídas do túnel da Av. João XXII.
Desde aquela altura, e até ao dia 11 de Janeiro, foram detectados 71 029 automobilistas a velocidades superiores em 20 km/h ao permitido por lei. Isto porque os radares são accionados apenas quando as viaturas circulam a 100 km/h nas zonas de velocidade máxima de 80 e a 70 km/h nas zonas onde não se pode circular a mais de 50.
Apesar disso, os dados começam a ser animadores, já que o número de prevaricadores tem vindo a baixar. Como exemplo diga-se que no passado dia 3 foram apanhados 1763 automobilistas em excesso de velocidade e que uma semana depois, a 11 de Janeiro, esse número baixou para 1 060. O destaque vai para a Segunda Circular – dia 3 o radar Benfica detectou 990 infractores no dia 11 apenas 121.
A vereadora Marina Ferreira disse ontem ao CM estar satisfeita com os resultados desta iniciativa. “Nos primeiros dias em que os radares estiveram a funcionar eram detectados cerca de 13 mil condutores por dia em excesso de velocidade. Agora são apenas cerca de mil. Isto mostra que as pessoas andam com uma maior atenção em relação à velocidade – o objectivo que queríamos atingir”, salientou.
Hoje entram em funcionamento os restantes 12 radares. Até ao final de Março, os radares terão apenas um carácter pedagógico. A partir de Abril os infractores deverão começar a ser autuados, adiantou a vereadora Marina Ferreira.
MEXIDAS NOS SEMÁFOROS
A vereadora da Mobilidade na Câmara de Lisboa, Marina Ferreira, quer também melhorar o sistema de semáforos na cidade, até ao final do ano, para criar melhores condições para os peões e reduzir o número de acidentes.
Marina Ferreira disse que a autarquia está a estudar o alargamento do tempo dos semáforos no eixo central: Avenida da Liberdade, Fontes Pereira de Melo e Avenida da República. Os semáforos estão preparados para os peões atravessarem a via, mas há casos, como a Avenida da Liberdade, em que as pessoas chegam ao meio e têm de parar, exemplificou a autarca. “Estamos a tentar melhorar isso até ao final do ano”, sustentou Marina Ferreira, acrescentando que, “para cada tipo de rua, há uma maneira de agir, nomeadamente através de semáforos”.
PORMENORES
LOCALIZAÇÃO
Os radares funcionam na Segunda Circular (três), nas avenidas das Descobertas, da Índia, Cidade do Porto, Brasília, de Ceuta (dois), Infante D. Henrique (dois), Estados Unidos da América, Marechal Gomes da Costa e Gago Coutinho e nos túneis do Campo Grande (dois), do Marquês de Pombal e da Avenida João XXI (dois) e na Radial de Benfica (dois).
ACIDENTES
Um estudo revelou que a Segunda Circular foi o local com maior sinistralidade em 2005 (364 ocorrências), seguida da Avenida Infante Dom Henrique (308), Eixo Norte-Sul (207), Campo Grande (204) e Avenida 24 de Julho (180).
MORTOS
Entre Janeiro e Outubro de 2006 morreram 15 pessoas nas estradas da cidade e 241 ficaram gravemente feridas.
EXCESSOS EM TODA A CIDADE
2.º CIRCULAR – BENFICA (Sentido O>E)
- Velocidade máxima local: 80 km/h
- Velocidade programada no radar: 100 km/h
- Velocidade máxima registada: 148 km/h
- Infracções: 9.843
RADIAL DE BENFICA (Sentido E>O)
- Velocidade máxima local: 80 km/h
- Velocidade programada no radar: 100 km/h
- Velocidade máxima registada: 203 km/h
- Infracções: 17.387
RADIAL DE BENFICA (Sentido O>E)
- Velocidade máxima local: 80 km/h
- Velocidade programada no radar: 100 km/h
- Velocidade máxima registada: 218 km/h
- Infracções: 19.962
SAÍDA TÚNEL AVENIDA JOÃO XXI (Sentido E>O)
- Velocidade máxima local: 50 km/h
- Velocidade programada no radar: 70 km/h
- Velocidade máxima registada: 114 km/h
- Infracções: 128
SAÍDA TÚNEL AVENIDA JOÃO XXI (Sentido O>E)
- Velocidade máxima local: 80 km/h
- Velocidade programada no radar: 100 km/h
- Velocidade máxima registada: 204 km/h
- Infracções: 1.454
2.º CIRCULAR – CALVANAS (Sentido O>E)
- Velocidade máxima local: 80 km/h
- Velocidade programada no radar: 100 km/h
- Velocidade máxima registada: 204 km/h
- Infracções: 14.109
AVENIDA GAGO COUTINHO (Sentido N>S)
- Velocidade máxima local: 50 km/h
- Velocidade programada no radar: 70 km/h
- Velocidade máxima registada: 167 km/h
- Infracções: 2.192
PROLONG. AVENIDA EUA (Sentido E>O)
- Velocidade máxima local: 80 km/h
- Velocidade programada no radar: 100 km/h
- Velocidade máxima registada: 165 km/h
- Infracções: 2.847
PROLONG. AVENIDA EUA (Sentido O>E)
- Velocidade máxima local: 80 km/h
- Velocidade programada no radar: 100 km/h
- Velocidade máxima registada: 195 km/h
- Infracções: 3.197
TOTAL DE INFRACÇÕES: 71.029
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)