Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Vendiam líquido para ‘fazer’ euros

Um líquido que transformava papéis em notas de euros. Foi com este produto ‘mágico’ que dois homens burlaram, em 30 mil euros, o dono de uma bomba de gasolina, no Barlavento algarvio. Um dos burlões foi detido pelo Departamento de Investigação Criminal de Portimão da Directoria do Sul da Judiciária. O outro está identificado.

26 de Outubro de 2012 às 01:00
Burlões diziam transformar papéis pretos em notas de 20 e 50 euros com o líquido ‘milagroso’
Burlões diziam transformar papéis pretos em notas de 20 e 50 euros com o líquido ‘milagroso’ FOTO: Manuel Moreira

A burla decorreu entre Maio e Junho. Os dois homens, com dupla nacionalidade - portuguesa e de um país dos PALOP- começaram por abordar o empresário, no posto de abastecimento, para lhe vender diamantes. Perante a recusa deste, dias depois fizeram novo contacto, em que lhe falaram do líquido, que diziam conseguir em Espanha, a troco dos diamantes.

Como a vítima, de 66 anos, desconfiou, a dupla prontificou-se para fazer uma demonstração num local discreto da gasolineira. Colocaram o líquido ‘mágico’ num recipiente e, noutro, água. Os papéis pretos, que diziam ser a ‘base’ da notas, após passarem pelos dois recipientes, aparentemente transformaram-se em notas de 20 e 50 euros. Mas, no processo, o frasco com o produto ‘milagroso’ partiu-se.

Os burlões garantiram logo que conseguiam mais líquido mas precisavam de 20 mil euros. Essa foi a primeira quantia que ‘sacaram’ à vítima. Depois, ao longo de mais de um mês, com várias desculpas, foram pedindo mais dinheiro ao empresário, até este desconfiar e apresentar queixa às autoridades.

Um dos burlões, de 27 anos, foi agora detido pela Judiciária. O outro está identificado.

BURLA EUROS NOTAS BARLAVENTO
Ver comentários