Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Vendiam cornos de rinoceronte

Um comerciante de antiguidades e um cidadão chinês foram atraídos para falso negócio.
Isabel Jordão 28 de Março de 2015 às 20:01
Gang vendia cornos de rinoceronte
Gang vendia cornos de rinoceronte FOTO: Getty Images
Quatro assaltantes considerados violentos e perigosos, com idades entre os 28 e os 45 anos, foram detidos pela Polícia Judiciária de Leiria, por terem agredido e roubado, sob ameaça de armas, dois empresários, a quem tinham proposto a venda de artigos de ouro e cornos de rinoceronte.

As vítimas são um comerciante de ouro e antiguidades, do Porto, e um cidadão chinês, que teria manifestado interesse no negócio. Os dois homens foram atraídos a um local ermo, próximo do hospital de Abrantes, para ver as peças, que estariam guardadas na bagageira do Porsche Cayenne de um dos assaltantes.

Assim que as vítimas chegaram foram abordadas e ameaçadas com armas pelo grupo, que as agrediram e roubaram o dinheiro e os bens que transportavam, no valor total de 67 mil euros.

O crime ocorreu em agosto do ano passado e os quatro assaltantes foram detidos agora, em Viana do Castelo, Caminha e Alter do Chão, pela Polícia Judiciária de Leiria. Três deles têm antecedentes por tráfico de estupefacientes, roubo e ofensas à integridade física.
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)