Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Ventos atingem 140 km/h

Adérito Serrão, presidente do Instituto de Meteorologia, disse ao início da tarde que já se registaram este sábado ventos na ordem dos 140 km/h, na Pampilhosa da Serra, e de 90 km/h em Lisboa.
27 de Fevereiro de 2010 às 13:16
Ventos fortes podem provocar quedas de árvores
Ventos fortes podem provocar quedas de árvores FOTO: Manuel Moreira

O mau tempo que assola neste momento o território continental vai agravar-se durante a tarde. “A depressão, com origem no Atlântico, está a chegar ao continente, entrará pela zona centro, a norte de Leiria e seguirá para norte”, explicou Adérito Serrão. Estão previstos ventos muito fortes, principalmente no litoral oeste e nas terras altas. 

Nas últimas horas, o vento forte já provocou alguns estragos. Em Lisboa, alguns galhos de árvores caíram sobre viaturas automóveis, na zona da Praça de Espanha; em Famalicão, dois idosos acamados ficaram desalojados, devido ao levantamento de telhas da habitação onde residem; na região de Leiria, uma família ficou também sem tecto.

No Tejo, os transportes fluviais estão condicionados: os catamarãs que ligam Lisboa/Terreiro do Paço ao Barreiro estão a ser desviados para as estações fluviais de Cacilhas (Almada) e Cais do Sodré.

TRÂNSITO CONDICIONADO NAS PONTES

A circulação nas pontes 25 de Abril e Vasco da Gama está interdita a veículos pesados com lona e a motociclos devido aos fortes ventos. A abertura das pontes a estes veículos dependerá das previsões da Protecção Civil para o estado do tempo nas próximas horas, adiantou o comando nacional da GNR.  

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)