Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

VER O CÉU EM BRAILLE

Os cegos que ontem tiveram oportunidade de conhecer e tactear os elementos que constituem o universo do espaço, no Planetário de Torredeita (Viseu), ficaram deliciados com a experiência, já que quase representou uma 'viagem' pelo mundo da astronomia, até então desconhecido.
20 de Outubro de 2002 às 00:01
"Pela primeira vez já vimos o céu", desabafaram quase que em uníssono cerca de três dezenas de invisuais que participaram na visita ao planetário adaptado.

Através de materiais adaptados e traduzidos em Braille, os invisuais puderam conhecer as diversas formas e a textura dos planetas, a beleza do sistema solar, as constelações e as fases da lua. Apalparam asteróides, percorreram com os dedos os diversos continentes da terra e tomaram contacto com a rosa-dos-ventos.

Sempre que solicitados, os cegos participaram nas explicações, revelando grande conhecimento teórico sobre os planetas, os astros e os continentes da terra.

No final a reacção era unânime: "foi uma experiência enriquecedora", "‘vimos’ o céu" e, sem ajuda, "descobrimos Portugal no mapa-mundo".

Carlos Coelho, de 34 anos, telefonista de uma a escola de Tondela, foi dos que ficou mais estupefacto com a experiência: "Estou muito feliz porque tomei contacto com os planetas, apreciei as suas formas e a textura. Eu já imaginava que seriam mais ou menos assim mas agora já sou capaz de identificar cada um dos planetas”.

Para Alice Martins, de 41 anos, de Viseu, está concretizado o sonho de uma vida, que era na prática " perceber o sistema solar". "Isto é tudo muito bonito, foi uma autêntica aula de geografia e das galáxias. Estou mais esclarecida sobre o assunto".

O projecto, inédito em Portugal, foi desenvolvido por Paulo Simões, coordenador do planetário, em colaboração com a delegação de Viseu da ACAPO e está numa fase embrionária, já que serão os cegos que dirão quais os aspectos que no futuro terão que ser melhorados.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)