Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

“Vi-a sufocar a mãe com a almofada”

"Ela está muito doente. Eu assisti a tudo, vi-a a sufocar a mãe com a almofada. Estou muito chocada." Foi visivelmente abalada que Conceição recordou ontem ao CM o momento em que viu a cunhada Laurinda tentar sufocar a própria mãe. O caso aconteceu na sexta-feira passada quando, tresloucada, Laurinda, de 60 anos, tentou matar mãe, Zebelina, de 93 anos, com a ajuda de uma almofada, na casa onde vivem em Oliveirinha, Aveiro.
16 de Março de 2010 às 00:30
Mãe e filha moram em Oliveirinha. Laurinda, de 60 anos, que tentou matar a mãe, está internada em Aveiro
Mãe e filha moram em Oliveirinha. Laurinda, de 60 anos, que tentou matar a mãe, está internada em Aveiro FOTO: Salome Filipe

Não conseguindo concretizar o acto de loucura, a mulher tentou suicidar-se e chegou mesmo a cortar os pulsos. "Ela está muito doente da cabeça. Só me apetece chorar quando me recordo do que aconteceu", lamenta Conceição.

Mãe e filha foram transportadas para o Hospital de Aveiro. A primeira teve alta no próprio dia, ao contrário de Laurinda, que ainda está internada. Na pequena localidade de Oliveirinha todos comentam o assunto, mas poucos querem falar. "A Laurinda não aparentava estar doente, era uma boa senhora", contou ao CM uma vizinha. "Para se querer matar a ela e à mãe, não podia estar boa da cabeça", disse outro popular.

Zebelina, que está acamada há vários anos, vivia sob os cuidados na filha. Ambas residiam numa casa alugada mas, para poupar nas despesas, mudaram-se há uns meses para casa da cunhada de Laurinda. A idosa ficou agora ao cuidado de Conceição. "Ela está cá em casa enquanto não arranjarmos outra solução", disse Conceição. A mulher garante que fará de tudo para proteger a cunhada e a mãe e que se for necessário ficará a cuidar das duas. "Gosto muito da minha cunhada e tenho muita pena dela. Agora tenho é que a ajudar a ela e à mãe", confessou Conceição.

No dia da tentativa de homicídio, a Guarda Nacional Republicana de Aveiro esteve no local para tomar conta da ocorrência. O caso está agora nas mãos da procuradora de Aveiro, que decidirá se a investigação continua com a GNR ou com a Polícia Judiciária.

PORMENORES

Divórcio

Laurinda está em processo de divórcio. A mulher separou-se do marido há apenas há alguns meses.

Internada

A mulher, de 60 anos, está internada no Hospital de Aveiro desde sexta-feira.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)