Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

VIDAL ABREU SUCEDE A CABEÇADAS

O almirante Vidal Abreu deverá ser nomeado Chefe do Estado-Maior da Armada (CEMA), em substituição do almirante Mendes Cabeçadas, que assumiu o cargo de Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas (CEMGFA). Esta nomeação representa uma continuidade na linha de comando da Marinha de Guerra portuguesa.
11 de Novembro de 2002 às 14:58
Para a escolha do novo CEMA, o ministro da Defesa, Paulo Portas, seguiu o mesmo método de consultas que usara para a escolha de Mendes Cabeçadas para CEMGFA, depois de retirar a confiança política e exonerar o general Alvarenga Sousa Santos do cargo. De forma até então inédita, Portas consultou todos os vice-almirantes, um a um, antes de sugerir a nomeação.

O Conselho do Almirantado reúne-se esta tarde, para emitir um parecer consultivo sobre quem deverá ser o novo CEMA. Tudo aponta para que Vidal Abreu seja nomeado, já que o almirante representa a continuidade na linha de comando. Oficial com vasta experiência no campo hidrográfico, Vidal Abreu é o actual vice-CEMA, chamado ao cargo por Mendes Cabeçadas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)