Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

"Como é que tiraram a criança de casa?": Mãe nega ter abandonado filha de 4 anos na rua em Loures

Menina com sinais de maus-tratos. Progenitora sai em liberdade.
Correio da Manhã e Miguel Curado 26 de Maio de 2020 às 12:55
A carregar o vídeo ...
Mulher alcoolizada abandona filha de 4 anos na rua em Loures e acaba detida

A PSP de Loures prendeu, pelas 20h00 desta segunda-feira, uma mulher que abandonou a filha de 4 anos na via pública, e depois se recusou a recebê-la de volta das mãos da Polícia. 

A menina foi encontrada por populares a vaguear, sozinha, na Rua Professor Egas Moniz, em Loures. A PSP foi chamada, e ficou temporariamente com a custódia da menina. Rapidamente foi possível aos agentes localizar a mãe da menina, que dava sinais de estar fortemente alcoolizada.

Fonte policial disse ao CM que a mulher se recusou mesmo a aceitar a filha de volta. Foi conduzida, sob detenção, à esquadra da PSP de Loures, e constituída arguida pelo crime de exposição ao abandono. 

Durante a noite desta terça-feira, depois de ser libertada, a mãe da menina negou que a tivesse abandonado, alegando que se ausentou por pouco tempo para comprar gomas e que a criança estava em casa.

"Como é que tiraram a criança de dentro de casa? Uma criança que está dentro de casa um minutinho...", começou por dizer a mulher.

"Vais comprar gomas, voltas, não é?", continuou a mãe da criança à CMTV, alegando que nesse período de tempo as autoridades entraram em contacto com ela para a informa que tinham resgatado a criança. "Estamos com a tua criança", foi o que a mulher alegou que lhe foi dito.

"Eu é que mandei parar o carro da polícia e entrei", rematou. 

Já esta quarta-feira, a mulher esteve a ser ouvida no tribunal de Loures. A mulher saiu em liberdade, com termo de identidade e residência.

Loures PSP Polícia crime lei e justiça questões sociais justiça e direitos limpeza de guerra
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)