Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Vigilante fez-se passar por polícia em Espinho

Suspeito foi identificado, tendo sido constituído arguido e sujeito a Termo de Identidade e Residência.
13 de Fevereiro de 2019 às 10:59
PSP
PSP
PSP
PSP
PSP
PSP
A PSP de Espinho identificou um vigilante de 32 anos por suspeita de se ter identificado como polícia, informou esta quarta-feira aquela força policial.

O caso remonta a novembro do ano passado, quando o suspeito se encontrava a almoçar num restaurante situado em Espinho, no distrito de Aveiro.

De acordo com um comunicado da PSP, no final da refeição o vigilante terá pedido uma embalagem de 'take-away' para levar o resto do almoço e ao verificar que na conta a pagar lhe estava acrescentado o valor da embalagem terá pedido o Livro de Reclamações.

"Após troca de palavras, o suspeito ter-se-á identificado como agente da PSP, exibindo um cartão", refere a mesma nota.

No decorrer das diligências de inquérito efetuadas por esta polícia, foi identificado o suspeito, tendo sido constituído arguido e sujeito a Termo de Identidade e Residência.

A investigação criminal continua a decorrer.
PSP Livro de Reclamações Aveiro Espinho Termo de Identidade e Residência crime lei e justiça polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)