Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Vila do Conde: Assaltado desapareceu

A Polícia Judiciária do Porto e a GNR bateram ontem diversas zonas ermas de Labruge, em Vila do Conde, à procura do rasto de um comerciante, de 55 anos, alegadamente assaltado.
21 de Abril de 2007 às 00:53
Vila do Conde: Assaltado desapareceu
Vila do Conde: Assaltado desapareceu FOTO: d.r.
O homem desapareceu pelas duas horas da manhã, depois de ter pedido ajuda a um vizinho. Sabe-se apenas que estava ensanguentado, pressupondo a única testemunha que teria sido assaltado. No entanto, enquanto o vizinho chamava a polícia, o homem desapareceu e até ao fecho desta edição as autoridades desconheciam o seu paradeiro.
O caso é todo ele estranho. José António mora em Labruge, Vila do Conde, e foi um seu vizinho que durante a madrugada de ontem foi alertado por estranhos barulhos que provinham da garagem. Ouviu tiros e depois de ir à janela viu o Renault Mégane do vizinho sair a grande velocidade, sendo que no interior seguiriam vários indivíduos encapuzados.
Quando se preparava para chamar as autoridades, a testemunha garante que lhe tocaram à campainha e que se tratava do dono do carro. Viu-o pela janela, ensanguentado, e aquele lhe pediu ajuda e falou de um assalto.
O mistério adensou-se depois. O vizinho foi a correr chamar outro morador no prédio, para que abrisse a porta ao ferido, mas este tinha desaparecido. Alertada a GNR e a PJ, foram encontrados quatro invólucros de bala e recolhidos vários vestígios de sangue. Nos hospitais da zona nenhum baleado deu entrada ontem. As buscas nas imediações prosseguem.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)