Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Vila Real de Santo António com dívida de 22,7 milhões de água e saneamento

Relatório da Águas do Algarve revela que valor por saldar sofreu aumento no ano passado.
José Carlos Eusébio 20 de Abril de 2019 às 09:30
Dívida da Câmara de V. R. de Stº António representa mais de metade do montante por saldar dos municípios à empresa
Vila Real de Santo António
Torneira
Dívida da Câmara de V. R. de Stº António representa mais de metade do montante por saldar dos municípios à empresa
Vila Real de Santo António
Torneira
Dívida da Câmara de V. R. de Stº António representa mais de metade do montante por saldar dos municípios à empresa
Vila Real de Santo António
Torneira
A Câmara de Vila Real de Santo António, através da VRSA SGU, fechou o ano de 2018 com uma dívida (vencida e corrente) de 22,7 milhões de euros à Águas do Algarve (AdA), empresa responsável pelos sistemas multimunicipais de água e saneamento, segundo consta no relatório e contas da AdA.

Ao CM, a autarquia diz que "não reconhece a totalidade desta dívida", estando o contrato "em tribunal e a aguardar por decisão judicial".

De acordo com AdA, foram recebidos da VRSA SGU "cerca de 1,8 milhões de euros", mas como a "faturação do exercício ascendeu a 3,3 milhões" o saldo final foi "superior ao de 2017". E adianta que se mantiveram os "esforços tendentes à regularização da dívida vencida".

O valor total da dívida corrente e vencida representa mais de 57% do montante por saldar de todos os municípios algarvios - a generalidade cumpre o prazo de pagamento (60 dias).

Ao CM, a câmara defende que o contrato que "permitiu à AdA faturar valores mínimos garantidos, quer estes sejam ou não consumidos pela população é totalmente desajustado, nunca tendo esta prática sido aplicada na maioria dos municípios a nível nacional".

E adianta estar a "defender os interesses quer do município, quer da população que representa, exigindo, desta forma, igualdade contratual entre os vários municípios".

Entretanto, está a negociar "um acordo de pagamento relativo à parte da dívida reconhecida pelo município e não integrada nos mínimos de faturação".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)