Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

VINHETAS DE VISTO ANULADAS

As instalações do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), situado na Rua D. João IV, no Porto, foram assaltadas por desconhecidos na madrugada do passado sábado, de onde furtaram cerca de 50 vinhetas de visto de entrada em Portugal, cujos números foram já anulados para evitar usos fraudulentos.
2 de Dezembro de 2003 às 00:42
O assalto foi detectado por um agente da PSP de serviço cerca da 01h20, que ao passar junto ao edifício reparou que uma das portas do SEF estava sem vidro e que tinham extraído a almofada de uma das portadas em madeira. A tranca de ferro da porta também tinha sido retirada.
O agente pediu reforços para o local e efectuou de seguida uma busca ao edifício mas não encontrou ninguém nem sinais de furto.
Apesar de tudo, resolveu contactar o director regional do SEF, Mário Gil Correia, que compareceu nas instalações e depois de verificar os cofres da instituição descobriu que de um deles tinham sido furtadas vinhetas de visto de entrada em Portugal.
O SEF anunciou que já inutilizou os números das cerca de cinco dezenas de vinhetas de visto furtadas, designadamente os seus números de identificação, que foram também inseridos no Sistema de Informação Schengen, disponível a todas as polícias da União Europeia.
A PSP esteve nas instalações assaltadas no Porto a recolher elementos e a Judiciária já foi também alertada pelo director-geral do SEF.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)