Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Violador detido em flagrante pela PSP

Um electricista de Aveiro que há duas semanas tentou violar e roubar três mulheres junto à antiga fábrica de lixa Lusostela, em Aveiro, voltou ontem ao local do crime e foi detido em flagrante pela PSP quando tentava violar outra, uma professora de 26 anos.
29 de Dezembro de 2007 às 00:00
Os populares ouviram os pedidos de socorro e chamaram a polícia.
Uma brigada da Esquadra de Investigação Criminal da Divisão da PSP de Aveiro, que por causa dos acontecimentos do dia 14 se encontrava nas imediações, montando vigilância à área, imediatamente avançou e evitou que o homem de 27 anos concretizasse a violação.
O suspeito aproveitava o cair da noite para sair de casa e de bicicleta, pedalava durante cerca de 15 minutos até à Estação da CP.
Aí, atravessava o parque de estacionamento e contornava a antiga fábrica de lixa até chegar ao portão nas imediações do viaduto de Esgueira, onde esperava as suas vítimas.
Tal como nas três vezes anteriores, surpreendeu a vítima de navalha em punho, arrastando-a para o interior da fábrica, enquanto a beijava à força e a tentava manietar. A vítima resistiu e evitou a violação.
Apesar da situação, a professora conseguiu manter a calma e tentou a fuga. O criminoso, que receava ser novamente apanhado pelos populares, atravessou a Rua João de Deus com a vítima em direcção ao parque de estacionamento da Estação, mas durante o percurso os gritos de socorro da professora foram escutados pelos moradores que já estavam alerta e telefonaram à polícia.
O suspeito, que trabalha na montagem de iluminações de Natal e festas populares, não ofereceu resistência. Na sequência das investigações, a polícia estabeleceu uma ligação do suspeito a outros dois assaltos à mão armada, um no dia 6 e outro poucos minutos antes desta tentativa. Após ter sido ouvido em tribunal, foi obrigado a apresentar-se três vezes por semana na esquadra policial.
Ver comentários