Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Violador detido em Portimão

Um jovem brasileiro, alto e de olhos claros, foi detido pela Polícia Judiciária de Portimão, por suspeita da autoria de vários crimes de violação, roubo, sequestro, ofensas graves à integridade física e furto qualificado, ocorridos em Fevereiro e Março – a maior parte deles cometidos contra prostitutas.
23 de Março de 2006 às 00:00
Edifício Gaivota-Mar: uma vítima do brasileiro caiu do 6.º andar
Edifício Gaivota-Mar: uma vítima do brasileiro caiu do 6.º andar FOTO: José Carlos Campos
Entre os crimes de que o brasileiro é acusado está o assalto a uma residência situada no edifício Gaivota-Mar, na Praia da Rocha, a 5 de Março, tendo a Polícia Judiciária recuperado a arma branca utilizada pelo homem para agredir e coagir as vítimas, bem assim como diversos objectos em ouro e telemóveis.
Na altura, o brasileiro entrou num apartamento do 6.º andar e golpeou uma jovem portuguesa nas mãos, no rosto e num sobrolho. A outra residente no apartamento (o qual se encontrava arrendado havia cerca de uma semana), uma brasileira, estava a tomar um duche e saiu da casa do banho com o barulho. Dezenas de apartamentos do edifício Gaivota-Mar, na época baixa, estão arrendados para o negócio da prostituição.
A mulher dirigiu-se para a varanda, nua, a fim de gritar por socorro – mas acabou por cair: ficou gravemente ferida na bacia e numa perna. Foi transportada para o Hospital do Barlavento, em Portimão, e daí transferida para o de Santa Maria, em Lisboa, onde ainda se encontra internada, mas livre de perigo.
Ver comentários