Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

VIOLADOR RONDA ESCOLA

A comunidade escolar da EB 2/3 de Pevidém, em Guimarães, está tomada pelo medo de um alegado violador que, nos últimos dias, tem rondado o estabelecimento de ensino daquela cidade.
2 de Outubro de 2003 às 00:00
Segundo confirmou o presidente do Conselho Executivo da Escola, Eduardo Balinha, no prazo de uma semana registaram-se um caso de assédio sexual a uma professora e uma tentativa de violação a uma aluna, fazendo levantar receios de que a situação se possa repetir.
De acordo com informação avançada pelo semanário local ‘O Comércio de Guimarães’, o Conselho Executivo da Escola EB 2/3 já alertou as autoridades policiais para o problema.
Ambos os casos aconteceram numa segunda-feira, no mesmo local, no lugar do Quintão, e pela mesma hora. Estas circunstâncias levam o Conselho Executivo da escola e a própria PSP de Guimarães a suspeitar que se trata do mesmo indivíduo.
Entretanto, Eduardo Balinha alertou os elementos da comunidade escolar, professores, alunos e funcionários, a circularem em grupo sempre que se encontrem fora do recinto escolar, como acto dissuasor e forma de tentar banir o medo que se apoderou da comunidade, sobretudo das jovens estudantes.
A PSP que está a proceder à investigação no sentido de identificar o presumível autor destes casos de assédio e tentativa de violação.
“Trata-se de uma situação que, desde o início desta semana, não voltou a repetir-se, pelo que acreditamos que o reforço da vigilância policial, no âmbito do programa Escola Segura, deverá ser uma garantia de segurança”, adiantou fonte policial.
Ver comentários