Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Violador em fuga há 3 anos caçado no Brasil

Português que violou menina de 12 anos escondido em resort.
João Carlos Rodrigues 29 de Maio de 2016 às 03:30
Português em fuga foi apanhado na zona do Recife, Brasil
Português em fuga foi apanhado na zona do Recife, Brasil FOTO: DR
Violou uma menina de 12 anos que seduziu na internet ao fazer-se passar por um adolescente de 15. Mas fugiu dias antes do julgamento e refugiou-se num paraíso turístico na zona do Recife, Brasil.

Há três anos que António Pedro Alves era procurado pela Interpol para cumprir uma pena de cadeia de 11 anos e foi agora localizado. O português já está em prisão preventiva a aguardar extradição.


O caso remonta a dezembro de 2011, quando António Pedro Alves, 44 anos, vivia e trabalhava em Rugeley, nos arredores de Birmingham, no Reino Unido. Depois de marcar um encontro com a vítima, violou-a no parque de estacionamento de um supermercado. A menina denunciou-o e o português foi preso dias depois.

No entanto, quando foi presente a tribunal, saiu em liberdade sob fiança e ficou com o passaporte. Fugiu – as autoridades britânicas julgavam que estivesse em Portugal – e foi condenado à revelia em maio de 2013. E foi nessa altura, com a emissão de um mandado de detenção internacional, que passou a constar da lista dos mais procurados da Interpol.


Refugiado em Jaboatão dos Guararapés, António Pedro Alves tinha desaparecido sem deixar rasto. Mas, em 2014, cometeu um lapso: casou-se. E como o fez legalmente, com documentos verdadeiros, o seu nome ficou nos registos.

A troca de informações entre as autoridades brasileiras, britânicas e a Interpol arrastou-se durante meses e só agora, quando houve a certeza de que era o homem certo, a polícia avançou para a detenção.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)