Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Violência na noite faz treze feridos

Final de mês leva milhares em busca de diversão em Lisboa e no Algarve, mas álcool e armas fazem o ‘cocktail perfeito’ para os desacatos e as rixas entre grupos. Numa só noite foram registados treze feridos, mas há a acrescentar um cliente baleado ao fugir de uma discoteca.
6 de Setembro de 2010 às 00:30
Foram feitas várias perícias à porta da discoteca Kremlin. Os vidros do carro de um segurança foram todos partidos e a carroçaria ficou amolgada. O sangue do homem baleado ainda estava no local, a comprovar a violência vivida durante a noite
Foram feitas várias perícias à porta da discoteca Kremlin. Os vidros do carro de um segurança foram todos partidos e a carroçaria ficou amolgada. O sangue do homem baleado ainda estava no local, a comprovar a violência vivida durante a noite FOTO: Pedro Rocha

Tiros, esfaqueamentos, desacatos, rixas entre grupos rivais e muito álcool à mistura fizeram da madrugada de ontem uma das mais violentas não só em Lisboa mas também no Algarve, onde dois irmãos foram esfaqueados numa rixa em Faro. Mas foi já à porta das discotecas Kremlin e Dock’s que se registaram os casos mais graves de violência.

Na discoteca Kremlin, a noite já tinha começado por deixar à porta muitos dos que queriam entrar. Lá dentro, grupos oriundos de bairros de Chelas, Buraca, Cova da Moura e Marianas rivalizavam em quase tudo, principalmente em quem tinha mais poder. Um poder sempre circunscrito à força, ao número de elementos e ao ‘controlo’ da noite, que inclui as conquistas de raparigas. Mas os desacatos foram longe demais, obrigando os seguranças da discoteca, por volta das 07h00, a colocar na rua dois grupos. Os jovens não gostaram e ripostaram.

Ao que o CM apurou, antes de saírem, alguns dos membros dos grupos lançaram uma cadeira à cabeça de um dos seguranças, causando-lhe um golpe profundo. Sangrando abundantemente da cabeça, o vigilante ainda tentou defender-se. Já à porta do Kremlin, e como gesto de vingança, os jovens, entre 12 a 15 elementos, vandalizaram o carro do segurança, que estava estacionado mesmo em frente. O funcionário tentou reagir, mas teve logo uma arma apontada à cabeça. O agressor premiu o gatilho, mas o tiro atingiu a perna de um cliente de 28 anos. O som lança o alerta e todos fogem.

A PSP do Calvário acorreu ao local e identificou dois homens. O segurança, que recebeu assistência médica no Hospital de São José, e o presumível autor do disparo, de 27 anos, que ficou a ser ouvido pela Polícia Judiciária.

No local, além da chefe da esquadra da PSP do Calvário e de mais um polícia, esteve uma equipa da Polícia Judiciária que começou, cerca das 11h00, as investigações, e um perito da Polícia Científica recolheu, dentro e fora da discoteca, elementos para análise. Os inspectores falaram com o segurança à porta do Kremlin para tentar perceber como tudo começou. Cerca das 12h00 foram dadas por concluídas as perícias no local.

Quem vive nas redondezas da discoteca Kremlin diz que "tiros, facadas e discussões por tudo e por nada estão sempre a acontecer".

SEGURANÇA DÁ FACADA EM CLIENTE

Uma tentativa de sedução na discoteca Dock’s, em Alcântara, acabou ontem à facada. Cerca das 06h00, um grupo de três homens, no interior da discoteca, meteu conversa com uma mulher. O grupo que a acompanhava não gostou e começaram as agressões, o que obrigou a segurança a colocar três desordeiros na rua. Descontentes com a situação, os três começaram uma rixa com os seguranças. Um dos vigilantes acabou por sacar de uma navalha e esfaqueou um dos homens no abdómen, que ficou a sangrar, mas apenas sofreu um corte superficial. Não satisfeitos, os três homens pegaram em garrafas e em pedras, que arremessaram contra os vidros e contra a porta da discoteca.

IRMÃOS ESFAQUEADOS NUMA RIXA EM FARO

As vítimas afirmaram à PSP desconhecer os motivos pelos quais foram agredidas, mas a polícia suspeita de desentendimentos originados por excesso de álcool. Eram 05h40 de ontem quando dois irmãos, de 28 e 24 anos de idade, foram esfaqueados em Faro, na zona dos bares da Baixa da cidade, entre a rua do Prior e a rua Capitão Mor. O mais velho sofreu cinco perfurações nas costas e num braço, sem gravidade.

Segundo fonte do Comando da PSP de Faro, a rixa envolveu três homens contra os dois irmãos. Todos os intervenientes são residentes na cidade. O irmão mais novo sofreu apenas uma ferida superficial num ombro e diversas escoriações, sendo assistido no local por uma equipa médica do INEM. O irmão mais velho foi esfaqueado cinco vezes e perdeu muito sangue, razão pela qual chegou a ter pequenos períodos de inconsciência ainda no local. "Foi transportado para o hospital, mas as feridas eram pouco profundas, pelo que se trata de um ferido moderado", disse ao CM fonte oficial do INEM.

Uma patrulha da PSP que estava nas imediações acorreu ao local, devido ao alarido, mas os três agressores puseram--se em fuga. As primeiras diligências efectuadas apuraram que os agressores procuraram refúgio no bairro da Horta da Areia – uma zona problemática da cidade de Faro. Até ao final da tarde de ontem, a PSP ainda não os tinha detido, mas continuava a efectuar diligências nesse sentido.

PSP FISCALIZA DISCOTECA E PRENDE CINCO

A discoteca Alive, situada na avenida 24 de Julho, em Lisboa, foi ontem de manhã fiscalizada por agentes da 4ª Divisão da PSP de Lisboa.

A acção foi levada a cabo por elementos da Esquadra de Intervenção e Fiscalização Policial da 4ª Divisão de Lisboa e permitiu proceder à detenção de três homens por posse de droga e dois que foram apanhados com armas brancas.

DESACATOS POR TODA A CIDADE

Bairro Alto, Parque das Nações, Cais do Sodré e Docas são os locais nobres da cidade de Lisboa onde decorre a diversão nocturna. As rixas acontecem, essencialmente, no exterior das discotecas e dos bares, como extensão dos desacatos que têm início ainda dentro dos recintos. O álcool é o principal responsável pela altercação entre pessoas, maioritariamente jovens.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)