Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Violenta colisão causa sete feridos na EN125

Dois homens, de 30 e 60 anos, e uma mulher, de 62, foram desencarcerados pelos bombeiros.
José Carlos Eusébio e Ana Palma 2 de Março de 2017 às 08:30
Acidente com dois ligeiros, um de passageiros e outro de mercadorias, e um pesado de mercadorias, na ponte do Arade
Acidente com dois ligeiros, um de passageiros e outro de mercadorias, e um pesado de mercadorias, na ponte do Arade FOTO: Pedro Noel da Luz
Uma violenta colisão entre três veículos provocou ontem de manhã, às 11h04, três feridos graves e quatro ligeiros, na Estrada Nacional 125, junto à ponte nova de Portimão. O trânsito esteve cortado até cerca das 13h00.

As três vítimas que ficaram feridas com gravidade são dois homens, de 30 e 60 anos, e uma mulher, de 62 anos, que seguiam num Citroën C1. Os ocupantes do carro, que ficou com a parte dianteira destruída, "tiveram de ser desencarcerados", explica ao CM Luís Mestre, adjunto de comando dos Bombeiros de Portimão.

Os outros dois veículos envolvidos no acidente são um pesado de mercadorias e um veículo ligeiro de passageiros, que é propriedade do Centro Popular de Lagoa (instituição de solidariedade social). Duas mulheres, de 29 e 48 anos, e dois homens, de 54 e 87 anos, que seguiam nestas viaturas sofreram ferimentos sem gravidade. Todas vítimas foram transportadas para o Hospital de Portimão.

"Dada a violência do embate acabou por haver derrame de combustível, pelo que, no sentido de prevenir qualquer eventual foco de incêndio, foi colocada espuma a envolver os veículos", revela Luís Mestre.

As causas da colisão, que se deu numa zona onde têm ocorridos vários acidentes, estão agora ser investigadas pela GNR. Estiveram ainda envolvidos nas operações de socorro 38 operacionais, com 18 viaturas, dos Bombeiros de Portimão, Lagoa, Lagos e Silves, INEM, Rotas do Algarve e GNR.
EN125 colisão feridos Algarve portimão
Ver comentários