Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Violou menina de 13 anos

Um jovem de 21 anos, que estava a ser investigado pela Polícia Judiciária da Guarda por suspeita de abusos sexuais, foi detido sob a acusação de ter violado uma menina de 13 anos, residente numa povoação do concelho de Aguiar da Beira.
29 de Agosto de 2007 às 00:00
A menor foi atacada e violada em casa por um jovem de 21 anos
A menor foi atacada e violada em casa por um jovem de 21 anos FOTO: Marta Vitorino
O alegado violador, que está em prisão domiciliária por decisão do juiz de Instrução Criminal de Trancoso, reside na mesma localidade do que a vítima e terá aproveitado uma altura em que ela estaria sozinha em casa para se aproximar.
“Como conhecia a miúda e sabia quando é que não havia adultos por perto, aproveitou um momento em que ela estava nas imediações da casa para a abordar”, disse um elemento ligado à investigação, adiantando que a violação ocorreu “na casa da menor”, no sábado passado.
Há já algum tempo que a Polícia Judiciária da Guarda estava a investigar o indivíduo, por haver indícios que apontam para outras “situações semelhantes”, mas até agora não tinha sido reunida informação suficiente que permitisse a detenção do alegado violador.
Desta vez, “houve uma pessoa que quase apanhou o indivíduo em flagrante delito” a abusar da menor, o que levou os investigadores a proceder à sua detenção.
No entanto, os alegados casos anteriores – que envolverão uma ou duas vítimas da mesma idade – irão continuar a ser investigados. O indivíduo não tem uma profissão definida e já terá dado os estudos académicos por concluídos .
A menor ficou profundamente abalada com a violência do crime, não só a nível físico, mas também psicológico. O caso também abalou os outros moradores na povoação, que têm procurado apoiar a menor e ajudá-la a ultrapassar a situação.
VÍTIMA AGREDIDA
ESCORIAÇÕES
A menina sofreu escoriações no corpo todo, causadas pelo agressor, que a forçou a manter relações sexuais.
INSTABILIDADE
O detido estará em prisão domiciliária, com pulseira electrónica, até ao julgamento.
INVESTIGAÇÃO
A Polícia Judiciária da Guarda prossegue as investigações, podendo descobrir mais vítimas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)