Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

VÍTIMA DE VIOLAÇÃO MORRE INTOXICADA EM AMARANTE

Uma mulher de 30 anos, solteira, foi encontrada morta no seu apartamento em Amarante, ao que tudo indica, devido a inalação de gás doméstico. Há cerca de dois anos tinha sido violada por quatro indivíduos, já condenados em tribunal, que a queimaram e amarraram a uma árvore. A vítima deixa dois filhos menores.
29 de Dezembro de 2002 às 00:35
Segundo adiantou ao Correio da Manhã uma familiar de Maria F., a vítima deveria responder no próximo dia 6, no Tribunal de Amarante, por perjúrio. A acusação estaria relacionada com as declarações feitas às autoridades na altura da violação e, mais tarde, durante o julgamento dos quatro responsáveis - que acabaram por ser condenados, tendo um deles falecido entretanto.

O caso, ocorrido há cerca de dois anos, chocou pela brutalidade. Amarrada a um pinheiro, foi depois violada por quatro indivíduos, entre eles o seu namorado, que depois a queimaram nos seios e na vagina com cigarros.

De acordo com familiares da vítima, Maria F. apresentava desde há alguns dias sinais de nervosismo, que se prendiam, explicaram, com a deslocação ao Tribunal de Amarante.

Depois de anteontem não ter conseguido falar com a vítima por telefone, uma familiar insistiu novamente durante o dia de ontem, acabando por se deslocar à residência de Maria F. Chamados ao local, os bombeiros foram obrigados a arrombar a porta, encontrando a mulher já morta.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)