Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Vítimas de acidente nas minas de Aljustrel caem ao fazerem marcha-atrás

Mecânicos desceram para arranjar avaria em máquina perfuradora e tiveram acidente.
Francisco Palma Carvalho e António Lúcio 12 de Fevereiro de 2019 às 01:30
Joaquim Guerreiro morreu nas minas de Aljustrel
João Negra ficou gravemente ferido
João Negra ficou gravemente ferido
Acidente ocorreu no interior das minas de Aljustrel
Um morto e um ferido grave em acidente nas minas de Aljustrel
Joaquim Guerreiro morreu nas minas de Aljustrel
João Negra ficou gravemente ferido
João Negra ficou gravemente ferido
Acidente ocorreu no interior das minas de Aljustrel
Um morto e um ferido grave em acidente nas minas de Aljustrel
Joaquim Guerreiro morreu nas minas de Aljustrel
João Negra ficou gravemente ferido
João Negra ficou gravemente ferido
Acidente ocorreu no interior das minas de Aljustrel
Um morto e um ferido grave em acidente nas minas de Aljustrel
Joaquim Guerreiro e João Negra tinham acabado de arranjar a máquina de perfuração que tinha avariado no piso 310 das minas de Aljustrel e estavam a fazer marcha-atrás para regressar à superfície quando a carrinha onde seguiam resvalou. Caiu para um fosso com uma profundidade entre 30 a 40 metros.

Quando parou, no piso 330, Joaquim, de 46 anos, natural de Ermidas Sado, em Grândola, estava morto. Deixa três filhos, de 12, 18 e 26 anos. O colega mecânico, de 25 anos, de Ervidel, Aljustrel, ficou em estado grave e foi levado de urgência para o Hospital Distrital de Beja.

O INEM recebeu o alerta às 11h05. Segundo apurou o CM, a carrinha onde seguiam os mecânicos da empresa EPDM - Empresa de Perfuração e Desenvolvimento Mineiro, "caiu num buraco que não estaria sinalizado".

Apesar de não serem ainda claras as circunstâncias em que ocorreu o acidente, o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira apontou esta segunda-feira para falhas graves de segurança.

"Ainda não sabemos como é que ocorreu o acidente, mas quando morre alguém a trabalhar, há falhas de segurança graves", disse o dirigente Jacinto Anacleto.

A Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT) já anunciou a abertura de um inquérito, tal como a Almina, concessionária do complexo mineiro, e a EPDM, empregadora dos mecânicos.

À hora de fecho desta edição, João Negra estava em considerado estável.

PORMENORES
Meios envolvidos
Para o socorro às vítimas foram mobilizados 13 operacionais dos bombeiros de Aljustrel, seis patrulhas da GNR; uma ambulância SIV (de Castro Verde); uma VMER (de Beja) e um helicóptero do INEM, que não chegou a ser usado.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)