Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

"Viveste e morreste a servir": Amigos e família despedem-se de paraquedista

Militar morreu na passada sexta-feira após o paraquedas lhe ter falhado durante um exercício.
J.E.C. 1 de Outubro de 2019 às 01:30
Paraquedista de 34 anos morre em exercício militar na base aérea de Beja
Paraquedista de 34 anos morre em exercício militar na base aérea de Beja
Paraquedista de 34 anos morre em exercício militar na base aérea de Beja
Paraquedista de 34 anos morre em exercício militar na base aérea de Beja
Paraquedista de 34 anos morre em exercício militar na base aérea de Beja
Paraquedista de 34 anos morre em exercício militar na base aérea de Beja
Paraquedista de 34 anos morre em exercício militar na base aérea de Beja
Paraquedista de 34 anos morre em exercício militar na base aérea de Beja
Paraquedista de 34 anos morre em exercício militar na base aérea de Beja
Amigos, familiares e militares despediram-se esta segunda-feira, no Porto, do 1º Sargento Manuel Gonçalves, de 34 anos, que morreu na passada sexta-feira após o paraquedas que usava durante um exercício, na Base Aérea de Beja, não se ter aberto. Marcelo Rebelo de Sousa esteve presente no funeral.

"Escolheu o céu para engrandecer a terra. É um herói ao qual o País está grato", disse o Presidente da República e Comandante Supremo das Forças Armadas.

A missa foi presidida pelo bispo das Forças Armadas, D. Rui Valério.

"Manuel, tu viveste e morreste a servir os outros", recordou.
Base Aérea de Beja Porto Marcelo Rebelo de Sousa Manuel questões sociais morte
Ver comentários