Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Vizinha salva criança de fogo

Um incêndio destruiu quase por completo um apartamento, ontem, na urbanização 18 de Maio, em Olhão. Eram 12h30. Em casa estava apenas um menor, de 11 anos, neto do proprietário da habitação, que tinha saído para fazer compras.

12 de Agosto de 2012 às 01:00
Bombeiros fizeram tudo para minimizar os estragos, mas o apartamento ardeu quase por completo
Bombeiros fizeram tudo para minimizar os estragos, mas o apartamento ardeu quase por completo FOTO: Luís Costa

"Foi um grande susto. Ouvi o Bruno gritar por socorro e bati à porta. O miúdo abriu-a e fui logo ameaçada por uma grande labareda", contou ao CM Maria Viegas, moradora no apartamento em frente ao sinistrado. "Fui a casa encher o balde da esfregona com água e despejei-o para cima das labaredas, mas o fogo já era muito ", reconheceu Maria Viegas, que rapidamente percebeu que só os bombeiros podiam resolver o problema.

"As chamas vinham da sala e eram enormes. Já tinham tomado conta praticamente de todas as divisões e disse ao Bruno para fugir e fiz o mesmo", referiu a vizinha, que lamenta os estragos nos apartamentos do 1º andar. "O do meu vizinho ficou destruído e o meu tem as paredes todas negras", lamentou.

Ao que o CM apurou, o fogo terá tido início num sofá da sala. O menor estaria a brincar com um isqueiro e terá provocado o incêndio. O jovem, muito abalado, foi realojado em casa de familiares, mas não estava ferido.

As chamas foram combatidas por 12 elementos dos Bombeiros Municipais de Olhão, com o apoio de quatro viaturas, que fizeram o possível para minimizar os estragos no apartamento.

FOGO CHAMAS INCÊNDIO
Ver comentários