Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Vizinhas em guerra por gastos de água

Irmãs julgadas por ameaçarem mulher, exigindo mais poupança. Caso ocorreu em Aveiro.
Nelson Rodrigues 30 de Abril de 2019 às 09:10
Caso de má vizinhança, que envolve duas arguidas que são irmãs, já está a ser julgado no Tribunal de Aveiro
Tribunal de Aveiro
Tribunal de Aveiro
Caso de má vizinhança, que envolve duas arguidas que são irmãs, já está a ser julgado no Tribunal de Aveiro
Tribunal de Aveiro
Tribunal de Aveiro
Caso de má vizinhança, que envolve duas arguidas que são irmãs, já está a ser julgado no Tribunal de Aveiro
Tribunal de Aveiro
Tribunal de Aveiro
As arguidas são duas irmãs, domésticas, de 51 e 52 anos. Estão a ser julgadas por um tribunal coletivo, em Aveiro, por crimes de ameaça, injúria e difamação cometidos contra uma antiga vizinha, a qual acusavam de gasto excessivo de água.

Em causa estava o facto do contador das habitações ser comum e das duas irmãs exigirem que a ofendida poupasse água.

Insatisfeitas com o consumo, as arguidas chegaram a afixar manuscritos à porta da casa da vizinha, exigindo poupança e que não fizesse barulho a partir das 22h00.

No início do julgamento, esta segunda-feira, as duas mulheres arguidas ficaram em silêncio. "Muitas coisas são mentira", disse apenas uma das irmãs ao coletivo de juízes.

Já a ofendida, e assistente no processo, não compareceu à audiência e foi condenada a uma multa por a falta ser considerada injustificada. Em causa poderá estar o facto de não ter informado o tribunal da sua nova morada.

A relação de má vizinhança remonta a 2017 e ocorreu na rua da Cega, em São Bernardo, Aveiro. Em junho desse ano, as arguidas envolveram-se em discussões com a ofendida devido ao gasto de água, tendo ameaçado a mesma de agressão.

De acordo com a acusação particular, as duas arguidas difamaram e injuriaram a assistente em diversas ocasiões.

Num dos casos chegaram a colocar folhas manuscritas por baixo da porta da cozinha da ofendida: exigiam que não fizesse ruído durante a noite e que poupasse água de forma a que a fatura da mesma não fosse tão elevada.
São Bernardo Aveiro rua da Cega crime lei e justiça julgamentos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)