Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Voo da TAP retido atrasou reencontro de irmãos

O avião da TAP, onde foram detidos três passageiros por alegado envolvimento em tráfico de droga, ficou retido na Venezuela, atrasando o reencontro de um emigrante português que há 13 anos esperava rever os irmãos e filhos.
5 de Agosto de 2009 às 00:30
Irmãos reencontraram-se no aeroporto de Lisboa na manhã de ontem
Irmãos reencontraram-se no aeroporto de Lisboa na manhã de ontem FOTO: Imagem SIC

"Estou há 13 anos à espera deste dia para poder viajar, porque vou fazer 80 anos a 10 de Agosto e queria celebrar junto dos meus irmãos em Portugal e depois vou a Espanha, onde tenho uma filha que é médica, o marido é médico e uma neta de 20 anos, que está a estudar", contou Eduardo Serra Ferreira, emigrado na Venezuela há mais de 50 anos. Tal como este emigrante, natural de Loulé, também 247 passageiros aguardaram cinco horas no avião. "Estive cinco horas metido no avião e quatro à espera da viagem, mas, graças a Deus, tenho aqui o meu irmão", acrescentou. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)