Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Zona afeta um em cada quatro

Maioria dos portugueses não sabe que está em risco de desenvolver a doença com origem na reativação do vírus da varicela.
15 de Junho de 2014 às 16:18
zina, afeta, um, cada, quatro, portugal
zina, afeta, um, cada, quatro, portugal

Uma em cada quatro pessoas vai desenvolver zona ao longo da vida, mas a maioria, cerca de 75% da população, não sabe que está em risco de sofrer um episódio da doença, revela o estudo ‘Zona e a sua Prevenção - o que Sabem os Portugueses'.

A zona ou herpes zoster é uma dolorosa erupção cutânea, mais comum na área do tórax, mas que pode surgir em todo o corpo, incluindo no rosto. Qualquer pessoa que teve varicela pode vir a desenvolver zona, por ter origem no mesmo vírus, que pode ser reativado.

As pequenas borbulhas que surgem na fase inicial da doença alastram-se e formam uma espécie de faixa, desenvolvendo bolhas e feridas que podem atingir grandes dimensões. Mas é a dor, "acompanhada de uma sensação de queimadura altamente limitante e incapacitante", que mais interfere na qualidade de vida do doente, explica Teixeira Veríssimo, presidente da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna.

Na maioria dos casos, a dor desaparece com os sinais visíveis da doença, num período de duas a quatro semanas. Em casos mais graves, esta pode dar origem a uma nevralgia pós-herpética, ou seja, a dor permanece durante meses ou anos.

"A maioria dos portugueses já ouviu falar na doença, mas não sabe que tem origem no vírus da varicela, que se implanta nas idades mais jovens e se mantém latente no sistema nervoso", explica Teixeira Veríssimo.

O estudo, promovido pela Sociedade Portuguesa de Medicina Interna e pela Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar, e cuja apresentação contou com a presença do especialista de Medicina Interna Gorjão Clara, revela ainda que 80% desconhecem que há prevenção através da vacinação.

zona afeta um cada quatro portugal
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)