Correio da Manhã

Descarga poluente mata peixes em ribeira de Santarém
Foto José Nuno Pepino
08:46
  • Partilhe
Centenas de animais apareceram mortos na ribeira da Asseca.

Uma descarga poluente de origem desconhecida provocou a morte a centenas de peixes na ribeira da Asseca, que nasce em rio Maior e desagua no rio Tejo no Cartaxo.

A denúncia foi feita na segunda-feira por residentes na Moçarria, perto de Santarém, que se depararam com os peixes mortos.

Com os sinais evidentes de uma descarga poluente, como a água turva, carregada de espuma, e o cheiro nauseabundo, o presidente da Junta de Freguesia da Moçarria, Marcelo Morgado, apresentou queixa-crime na GNR.

O autarca sublinhou que não ficou surpreendido, porque a situação se repete todos os anos, coincidindo com o início da campanha do tomate.

Siga o CM no Facebook.

  • Partilhe
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE