Correio da Manhã

Ex-patrono de Elina Fraga recebeu 314 mil euros
Foto Mariline Alves
Mandato de Elina Fraga foi alvo de uma auditoria por parte do atual bastonário, Guilherme Figueiredo
Por Sónia Trigueirão | 09:17
  • Partilhe
Entre honorários e trabalhos especializados foram gastos mais de 992 mil euros.

Adérito Ferro Pires, antigo patrono de Elina Fraga, ex-bastonária, foi um dos advogados que mais receberam a título de honorários, revela o relatório da Auditoria às contas da Ordem dos Advogados (OA), durante o triénio 2014-2016.  

De acordo com o documento, neste período, a AFP-Adérito Ferro Pires & Associados recebeu 127 428 euros e o próprio advogado, a título individual, faturou 187 mil euros. O que dá um total de 314 428 euros.

Aliás, Adérito Pires encabeça a lista dos gastos da Ordem com honorários e está em segundo na da despesa com trabalhos especializados.

No que se refere à rubrica ‘honorários’, que engloba também as despesas administrativas pagas aos mandatários que representam a Ordem nos processos de impugnação de uma decisão de caráter disciplinar ou administrativo, nos patrocínios concedidos aos advogados e nos processos de procuradoria ilícita, em segundo lugar surgem as advogadas Sandra Isabel Silva, com 169 mil euros, e Carla Morgado com 37 mil euros.

Recorde-se que Carla Morgado fez parte da lista de Elina Fraga quando esta se candidatou à Ordem e que depois foram trabalhar juntas para o mesmo escritório de advogados quando esta deixou o cargo de bastonária da Ordem dos Advogados.

No total, a Ordem pagou 992 mil euros. Destes, 467 mil euros foram honorários pagos a 12 advogados. Já na rubrica de ‘trabalhos especializados’ a despesa foi de 525 mil euros apenas com pagamentos a cinco sociedades de advogados. A lista é encabeçada por Isabel Duarte e Associados, que recebeu no mandato de Elina Fraga mais de 301 mil euros.

Siga o CM no Facebook.

  • Partilhe
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE