Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Calor intenso de volta na próxima semana

Para este sábado ainda há previsões de chuva no Litoral Norte e Centro, mas a partir de segunda-feira temperaturas sobem.
Bernardo Esteves 10 de Agosto de 2019 às 09:36
As temperaturas altas, convidativas a banhos de praia, vão regressar nos próximos dias ao território de Portugal continental
Portugal e Espanha de céu limpo
Praias da Caparica vão receber  1 milhão de metros cúbicos de areia
As temperaturas altas, convidativas a banhos de praia, vão regressar nos próximos dias ao território de Portugal continental
Portugal e Espanha de céu limpo
Praias da Caparica vão receber  1 milhão de metros cúbicos de areia
As temperaturas altas, convidativas a banhos de praia, vão regressar nos próximos dias ao território de Portugal continental
Portugal e Espanha de céu limpo
Praias da Caparica vão receber  1 milhão de metros cúbicos de areia
O estado do tempo neste verão continua a ser uma espécie de montanha-russa. Depois de uma semana marcada pela chuva vem aí uma semana de calor abrasador, de acordo com as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

A partir de quarta-feira os termómetros vão mesmo ultrapassar os 35 graus nas regiões do Interior e haverá um agravamento do risco de incêndio.

Para este fim de semana ainda é esperada chuva no Litoral Norte e Centro. "No fim de semana ainda vamos ter alguma nebulosidade e este sábado há a possibilidade de chuva fraca no Litoral, a norte do Cabo Raso, durante a manhã", disse ao CM a meteorologista Joana Sanches, do IPMA, sublinhando que as temperaturas máximas vão subir já este sábado nas regiões do Interior.

Para domingo as previsões indicam que a chuva já dará tréguas, enquanto que as temperaturas máximas deverão descer. Já na segunda-feira o calor chega para ficar... pelo menos até ao final da semana.

"A partir de segunda-feira espera-se uma subida gradual das temperaturas máximas por todo o País, que na quarta-feira se vai refletir em temperaturas acima de 35 graus no Interior Norte e Centro, Vale do Tejo e Alentejo", afirmou Joana Sanches.

Na próxima semana o IPMA deverá emitir avisos devido ao aumento do risco de incêndio. "O tempo quente e seco, sem precipitação e com descida dos valores de humidade relativa, reflete-se no risco de incêndio que será elevado a partir de quarta-feira na região Sul e no Interior Norte e Centro", explica a meteorologista do IPMA, frisando contudo que "a tendência é para o vento não soprar com intensidade na próxima semana", previsão que atenua um pouco os receios de que possam eclodir incêndios.

Massa de ar quente vinda da Península explica mudança
A explicação para a mudança no estado do tempo, prevista pelo IPMA para a próxima semana, reside sobretudo "no efeito da massa de ar quente e seco que vem do interior da Península Ibérica", revela Joana Sanches. Esta massa, associada à "intensificação da crista anticiclónica", fará subir a temperatura.

Alimentação artificial na Caparica
A Agência Portuguesa do Ambiente anunciou que a partir de terça-feira, às 11h00, vai começar a alimentar artificialmente com areia as praias da Costa de Caparica e S. João da Caparica, Almada.

Os trabalhos duram 60 dias e começam nas praias da Saúde e Nova, seguindo para outras mais a norte e obrigando ao encerramento das praias intervencionadas. Será retirado 1 milhão de metros cúbicos de areia do estuário do Tejo para colocar nas praias.

PORMENORES
Máximas de 38 graus
Beja, Évora e Castelo Branco deverão ser as capitais de distrito mais quentes na próxima semana. As previsões do IPMA indicam que os termómetros cheguem aos 38 graus.

Superfície frontal fria
O tempo chuvoso que se fez sentir nesta semana teve origem na passagem de uma superfície frontal fria, associada a uma depressão situada a sudoeste das ilhas britânicas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)