Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Chuva e vento provocam quedas de árvores e inundações no Alentejo. Veja as imagens

Ocorrências registadas durante a tarde nos distritos de Portalegre, Évora e Beja não causaram danos pessoais.
Lusa 6 de Novembro de 2020 às 20:46
Inundações em Serpa
Inundações em Serpa FOTO: Facebook
A chuva intensa e o vento forte provocaram esta sexta-feira mais de 70 ocorrências no Alentejo, sobretudo quedas de árvores e inundações, com o concelho de Elvas a ser o mais afetado, disseram fontes da Proteção Civil.

As mesmas fontes adiantaram à agência Lusa que as ocorrências registadas durante a tarde nos distritos de Portalegre, Évora e Beja não causaram danos pessoais.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Portalegre indicou que no concelho de Elvas ocorreram 20 quedas de árvores, uma queda de estruturas e que foi necessário limpar uma via.

Também no distrito de Portalegre, de acordo com o CDOS, foram registadas quatro quedas de árvores no concelho de Campo Maior e duas quedas de árvores, duas inundações e duas limpezas de vias, no concelho de Arronches.

Nos concelhos de Ponte de Sor, Portalegre, Fronteira, Gavião e Nisa foram registadas sete ocorrências de quedas de árvores, inundações em vias públicas e limpezas de vias.

Segundo o CDOS de Évora, ocorreram no distrito nove inundações em vias públicas e habitações e seis quedas de árvores, nos concelhos de Mourão, Montemor-o-Novo, Redondo, Vila Viçosa e Reguengos de Monsaraz.

No distrito de Beja, de acordo com o CDOS, foram registadas pequenas inundações em habitações, 11 em Beja, duas em Castro Verde e uma na Vidigueira, duas quedas de árvores e limpeza de um caminho municipal no concelho de Almodôvar.

Ver comentários