Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Furacão Lorenzo já chegou aos Açores com vento e ondulação fortes

Militares em "alerta vermelho" até às 16h00 desta quarta-feira.
Correio da Manhã 2 de Outubro de 2019 às 00:22
A carregar o vídeo ...
Furacão Lorenzo já chegou aos Açores com vento e ondulação fortes
O furacão Lorenzo já chegou aos Açores com ventos e ondulação fortes, tal como previa o Instituto Português do Mar e da Atmosfera. 

Se ao longo da tarde o tempo no arquipélago apresentava-se calmo, o cair da noite trouxe ventos e ondulações fortes que estavam previstas com a passagem do furacão. 

Ao que o Correio da Manhã conseguiu apurar no local, todos os voos para o arquipélago dos Açores foram cancelados durante o dia desta quarta-feira. 

A força do vento deverá atingir o seu exponente máximo cerca das 3h00 da madruga (2h00 em Portugal continental) e a ondulação será maior cerca das 6h00 (5h00 em Potugal continental) desta quarta-feira.

Na Horta, Faial, as rajadas de vento deverão chegar aos 160 km/h.

O furacão Lorenzo encontra-se com a categoria 2 e é expectável que assim se mantenha.

Várias estradas encerradas preventivamente em sete ilhas dos Açores
Várias estradas foram encerradas nas ilhas das Flores, São Miguel e nas cinco ilhas do grupo central dos Açores, como medida preventiva, devido à passagem do furacão "Lorenzo", informa o Serviço Regional de Proteção Civil.

Segundo nota informativa enviada hoje pelo Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, o Governo Regional, através da Direção Regional das Obras Públicas e Comunicações, e as Câmaras Municipais, encerraram várias estradas, "de forma preventiva, em várias ilhas dos Açores, devido à passagem do furacão 'Lorenzo'".

Em causa estão estradas na ilha das Flores, nas cinco ilhas do grupo central - Faial, Pico, São Jorge, Graciosa e Terceira -, bem como em São Miguel, no grupo oriental, o grupo que se prevê que seja menos afetado pelo fenómeno meteorológico.

Eduardo Cabrita pede "comportamentos de segurança"
O Ministro da Administração Interna prestou esta terça-feira esclarecimentos aos jornalistas e em declarações à RTP, Eduardo Cabrita afirma que é "necessário que haja um respeito absoluto pelas indicações na prática de comportamentos de segurança".

O ministro assegurou que tinham sido garantidas todas as estruturas de proteção civil e que o Governo estava em "estreita articulação" com a Proteção Civil e institutos de meteorologia.

Município das Lajes, na ilha do Pico, pede moderação no consumo de água 
O município das Lajes, na ilha do Pico, pediu à população para "moderar ao máximo o consumo de água durante a próxima noite", lê-se em comunicado.

A justificação é dada com "o encerramento preventivo dos equipamentos de abastecimento de água por forma a evitar que estes sofram danos decorrentes da passagem do furacão Lorenzo, motivados nomeadamente por trovoadas ou cortes não previstos do abastecimento elétrico".

Centenas de operacionais da Proteção Civil mobilizados
Centenas de operacionais da Proteção Civil e militares foram mobilizados para o arquipélago que estará desde as 00h00 às 16h00 desta quarta-feira em "alerta vermelho"

Em comunicado, o Comando Operacional dos Açores informa que, na sequência da ativação do Plano Regional de Emergência de Proteção Civil do arquipélago, o estado de alerta dos meios militares sediados na região autónoma foi aumentado a partir das 16h00 para "laranja" (prontidão de duas horas).

Lorenzo Instituto Português do Mar e da Atmosfera Açores meteorologia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)