Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Temperaturas vão continuar a descer na próxima semana. Conheça os conselhos da DGS para o frio que se vai manter

Substituição gradual de uma massa de ar polar por uma massa de ar com caraterísticas de ar Ártico vai agravar tempo frio.
Correio da Manhã 6 de Janeiro de 2021 às 16:33
A carregar o vídeo ...
Substituição gradual de uma massa de ar polar por uma massa de ar com características de ar Ártico vai agravar tempo frio.
As previsões metereológicas do IPMA para os próximos dias estimam que o tempo frio e seco vai permanecer e as temperaturas vão continuar a descer. Devido a estas previsões - um acentuado arrefecimento noturno, a formação de gelo ou geada e a intensificação do vento frio com um consequente aumento do desconforto térmico - a DGS emitiu um comunicado com um conjunto de recomendações para se proteger. 

As recomendações passam por evitar a exposição prolongada ao frio e mudanças bruscas de temperatura; manter o corpo quente com várias camadas de roupa; proteger as extremidades do corpo (utilizando luvas, gorro, cachecol, meias quentes e calçado quente e antiderrapante; manter a hidratação, ingerindo sopas e bebidas quentes e evitando o álcool que proporciona uma falsa sensação de calor. 


A DGS aconselha ainda que se preste atenção aos grupos mais vulneráveis (crianças nos primeiros anos de vida, doentes crónicos, pessoas idosas ou em condição de maior isolamento, trabalhadores que exerçam atividade no exterior e pessoas sem abrigo); acautelar a prática de atividades no exterior (evitar esforços excessivos, utilizar vestuário adequado e prestar atenção às condições do piso para evitar quedas); seguir as recomendações do médico assistente, garantido a toma adequada da
medicação para doenças crónicas; adotar uma condução defensiva, uma vez que poderão existir locais na estrada com acumulação de gelo.

Temperaturas vão continuar a descer
A partir da madrugada de dia 10 de janeiro, avisa o comunicado da DGS com base na previsão do IPMA, "prevê-se a substituição gradual de uma massa de ar polar por uma massa de ar com caraterísticas de ar Ártico, sobre Portugal continental".

Como tal, "na próxima semana, a temperatura mínima deverá variar entre -6 e 6°C na generalidade do território e a temperatura máxima não ultrapassará os 14°C, estando previsto que os valores mais baixos sejam registados nas regiões do interior Norte e Centro".

Mortalidade pode aumentar
A Direção-Geral da Saúde apela ainda a cuidados visto que estas temperaturas são propícias ao aumento da mortalidade  nomeadamente nas pessoas com 65 ou mais anos.
DGS IPMA meteorologia questões sociais sem-abrigo
Ver comentários