Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Dezenas de professores de EVT e pais do particular manifestam-se

Largas dezenas de professores de educação visual e tecnológica e pais de alunos do ensino particular e cooperativo estão já concentrados frente ao Parlamento, para protestos distintos, mas que coincidem com a audição da ministra da Educação.

8 de Fevereiro de 2011 às 14:47
Professores e pais do ensino particular protestam em frente ao Parlamento
Professores e pais do ensino particular protestam em frente ao Parlamento FOTO: d.r.

Os pais estão em defesa dos colégios financiados pelo Estado. Os professores  de educação visual e tecnológica (EVT) manifestam-se com medo do desemprego,  enquanto a ministra da Educação tentará explicar à oposição a justeza das  medidas contestadas.  

Junto ao Parlamento, os professores de EVT envergam roupa preta e lenços  amarelos ao pescoço, empunhando cartazes em defesa da manutenção do par  pedagógico (dois professores por sala).  

   "Um por todos, todos por dois", é a palavra de ordem gritada ao fundo  das escadarias da Assembleia da República.  

Os professores improvisaram uma banca com materiais usados nas aulas  práticas e um espaço para discursos ao longo da tarde.  

Entre os manifestantes ouvem-se desabafos como "é um escândalo" e "uma  vergonha", referindo-se à redução de professores nesta disciplina.  

Os manifestantes ocupam já a estrada, sob a vigilância atenta da polícia. 

O espaço é dividido com o Movimento SOS Educação, que se manifesta pela  manutenção do financiamento público aos colégios com contratos de associação  com o Estado. 

 Os encarregados de educação que protagonizam a manifestação exibem cartazes  com capas de livros escritos pela ministra da Educação, Isabel Alçada, e  outros em que se lê "Chega de Aventuras, Queremos a Verdade". 

Para as 15 horas está prevista a chegada de autocarros, tanto da parte  dos professores como do SOS Educação.  

Os professores de EVT esperam 18 autocarros e acreditam que chegará  ao milhar o número de docentes a manifestar-se em São Bento.  

O SOS Educação esperava na segunda-feira mais de 600 pessoas para este  protesto.  

Protestos Educação professores pais Parlamento
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)