Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

ULS do Nordeste abre concurso para contratar 39 médicos especialistas

A Unidade Local de Saúde (ULS) do Nordeste vai abrir concurso para contratar 39 médicos especialistas para suprir carências e oferecer especialidades inexistentes que obrigavam a deslocações dos utentes a hospitais de outras regiões, anunciou esta quinta-feira aquele organismo.
28 de Junho de 2012 às 12:27
A Unidade Local de Saúde (ULS) do Nordeste vai abrir concurso para contratar 39 médicos
A Unidade Local de Saúde (ULS) do Nordeste vai abrir concurso para contratar 39 médicos FOTO: d.r.

O director clínico para os cuidados hospitalares da ULS Nordeste, Domingos Fernandes, confirmou hoje à Lusa que o concurso deverá ser aberto "na próxima semana" e espera que o processo "seja célere", com a concretização das novas contratações "ainda durante o verão".

 Os 39 lugares destinam-se a 17 especialidades com o propósito de reforçar as existentes e por a funcionar outras que não existem em todo o distrito de Bragança, como Dermatologia e Anatomia Patológica.

 O recrutamento será feito no âmbito do concurso autorizado pelo Ministério da Saúde para reforço dos estabelecimentos de saúde carenciados.

A ULS do Nordeste, que agrega os três hospitais do distrito (Bragança, Macedo de Cavaleiros e Mirandela), tem um quadro médico "muito carenciado e algo envelhecido", como disse à Lusa o director clínico, o que se traduz em dificuldades na prestação de cuidados, apesar "do grande esforço dos profissionais".

A atracção de médicos para o interior do país tem sido um dos principais constrangimentos na Saúde, que o director clínico espera não se venha a reflectir neste concurso, acreditando que "uma grande parte das vagas vai ser ocupada".

 "Os médicos que optarem pela Unidade Local de Saúde do Nordeste para exercerem a sua especialidade irão usufruir de excelentes condições, quer laborais, quer ao nível de qualidade de vida", salientou.

 Também o Conselho de Administração "vê com muito agrado esta possibilidade de reforçar os seus recursos humanos, mostrando-se empenhado em desenvolver todos os esforços para que estas vagas sejam preenchidas".

O reforço pretendido com o novo concurso público irá "melhorar a qualidade e resposta e aliviar muitas horas de trabalho" aos profissionais em exercício nas unidades hospitalares da região.

A especialidade com maior número de vagas a concurso é Medicina Interna, com seis, seguindo-se Anestesiologia, Cirurgia Geral, Ginecologia e Obstetrícia, com cinco, e Psiquiatria, Gastrenterologia e Ortopedia, com duas.

Com um lugar disponível em cada especialidade encontram-se as novas Anatomia Patológica e Dermatologia, Cardiologia, Medicina Física e de Reabilitação, Nefrologia, Oftalmologia, Oncologia, Otorrinolaringologia, Pediatria e Radiologia.

A ULS do Nordeste foi criada há um ano e passou a gerir todos os hospitais e centros de saúde da região.

Saúde médicos concurso
Ver comentários