Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

200 milhões consomem drogas

Cerca de 200 milhões de pessoas em todo o mundo consomem drogas ilícitas. A conclusão é de um estudo publicado esta sexta-feira no jornal 'The Lancet'.

6 de Janeiro de 2012 às 08:31
Cerca de 200 milhões de pessoas consomem drogas ilícitas
Cerca de 200 milhões de pessoas consomem drogas ilícitas FOTO: Lusa

A investigação baseada nos dados disponibilizados pela agência das Nações Unidas sobre as Drogas e Crime (UNODC), inquéritos nacionais e outros estudos sobre o impacto do uso de drogas, concluiu que em 2009 entre 149 e 271 milhões de pessoas consumiram drogas.   

Os consumidores de cannabis foram contabilizados entre 125 e 271 milhões e os usuários de opiáceos (morfina e heroína). Já as anfetaminas ou cocaína representam um universo de entre 15 a 39 milhões de pessoas. Quanto às drogas intravenosas, estima-se que existam entre 11 e 21 milhões de consumidores. 

De acordo com o jornal 'The Lancet', o uso de drogas é mais comum nas economias ricas  e em regiões produtoras de drogas dos países pobres.  

"O uso de cannabis está associado à dependência e doenças mentais, incluindo  psicose, mas não parece aumentar substancialmente a mortalidade", refere  o estudo.   

Por outro lado, "o consumo de ópio representa uma causa de mortalidade elevada, devido às overdoses e dependência", observando ainda que as drogas injectadas comportam riscos acrescidos para os consumidores, como  a contracção de doenças como a Sida e hepatite por via da partilha de seringas. 

Os três tipos de drogas parecem estar associadas com as elevadas taxas  de doenças mentais, acidentes rodoviários e violência.   

O ectasy, LSD, e uso de medicamentos não prescritos ou esteróides não foram incluídos no estudo.   

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)