Diretores do Hospital de Gaia mantém-se em funções até serem substituídos

"Vamos manter-nos em funções até haver uma resposta por parte da tutela", afirmou José Pedro Moreira.
11.09.18
  • partilhe
  • 0
  • +
O diretor clínico do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho (CHVNGE), que se demitiu juntamente com mais 51 diretores e chefes de equipa, garantiu esta terça-feira à Lusa que se vão manter em funções até serem substituídos pela tutela.

"Vamos manter-nos em funções até haver uma resposta por parte da tutela [substituição], ninguém está a pensar largar o hospital ou o Serviço Nacional de Saúde", disse José Pedro Moreira.

Contrariando o que o bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, avançou segunda-feira à Lusa de que os profissionais demissionários abandonariam funções a 6 de outubro se o Governo não desse nenhum "sinal positivo", o diretor clínico vincou que "nunca se falou" numa data concreta.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!