Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

33 trabalhadores intoxicados da PT de Beja já tiveram alta hospitalar

41 trabalhadores da PT deram entrada nas urgências do hospital de Beja.
17 de Novembro de 2014 às 22:53
Casos de intoxicação ocorreram no edifício da PT em Beja
Casos de intoxicação ocorreram no edifício da PT em Beja FOTO: Hugo Rainho

Trinta e três trabalhadores do "call center" da PT em Beja já tiveram alta das urgências do hospital da cidade, até às 22:00, mantendo-se ainda oito em observação, mas que "vão sair nas próximas horas", segundo fonte hospitalar.

Os 41 trabalhadores da PT deram esta segunda-feira entrada nas urgências do hospital de Beja, devido a sintomas de intoxicação, disse à agência Lusa fonte da unidade hospitalar. De acordo com a fonte, deram entrada na urgência do Hospital de Beja 41 pessoas, com idades entre os 20 e os 50 anos.


As pessoas apresentavam sintomas como "vómitos, náuseas e ardor na garganta", disse, referindo que foi administrada às vítimas "terapêutica para reverter os sintomas".

No entanto, fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja adiantou que, além das pessoas que foram encaminhadas para a unidade hospitalar, outras 14 foram assistidas por um clínico da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) na sala de triagem instalada no primeiro piso do edifício da PT.

De acordo com a fonte do CDOS de Beja, os casos de intoxicação, cujo alerta foi dado às 14h12, ocorreram no edifício da PT em Beja, onde funciona um "call center" da empresa.

PT Beja saúde hospital de Beja Comando Distrital de Operações de Socorro hospitais
Ver comentários