Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

50 golfinhos presos em redes de pesca

Pescadores da xávega salvaram grande parte.  Todos os anos uma centena de golfinhos morre em redes de pesca na costa lusa.
20 de Julho de 2013 às 01:00

Meia centena de golfinhos foram apanhados ontem pelas redes dos pescadores de arte xávega da praia da Torreira, na Murtosa.

Onze dos mamíferos, incluindo várias crias, morreram. "Outros conseguiram sair pelos próprios meios e os pescadores conseguiram salvar os restantes", explicou o comandante do Porto de Aveiro, Luciano Oliveira. De acordo com a mesma fonte, trata-se de uma captura acidental que terá ocorrido quando os golfinhos procuravam alimento mais perto da costa.

"Coincidência" é para o biólogo marinho Élio Vicente a palavra adequada para explicar os recentes casos. Embora não seja habitual tão elevado número de golfinhos presos nas redes de pesca, o diretor do centro de reabilitação de animais marinhos do Zoomarine explica que tal pode acontecer por estes mamíferos viverem em grupos que podem atingir as centenas. Por ano, cerca de cem golfinhos morrem nestas condições na costa portuguesa. Razão para a técnica do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas, Marina Sequeira, revelar que será entregue aos pescadores um manual de boas práticas para evitar a pesca acidental.

GOLFINHOS COSTA MURTOSA REDES XÁVEGA
Ver comentários