Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Acampados em Campo Maior regressam a casa

Dezenas de pessoas acampadas e isoladas no lugar de Enxara, Campo Maior, regressam a casa, depois da ponte que estava submersa ter ficado transitável.
1 de Abril de 2013 às 21:01

O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Portalegre explicou à agência Lusa que "várias pessoas" conseguiram, durante a tarde, deixar o local nas suas próprias viaturas, tendo outras 22 sido retiradas pelos bombeiros.

Também contactada pela Lusa, fonte da corporação de bombeiros de Campo Maior explicou que, por volta das 17h40, ficou concluída a retirada das pessoas que queriam abandonar o local.

"Ainda não se consegue passar a ponte em veículos ligeiros, mas a descida do caudal do rio já permitiu que algumas dezenas de pessoas saíssem, ou nas próprias viaturas ou retiradas em viaturas dos bombeiros e da GNR", disse.

O lugar de Enxara ficou isolado, no domingo, devido ao mau-tempo, que provocou a subida do caudal do rio Xévora, submergindo a ponte local. Contactado hoje pela Lusa, o presidente da Câmara de Campo Maior, Ricardo Pinheiro, explicou que as pessoas que continuam acampadas "estão em segurança".

"As pessoas que lá ficaram ainda têm mantimentos e estão perfeitamente em segurança e tranquilas e decidiram que, quando o caudal do rio baixar, logo passam", afirmou.

Campo Maior acamapadas pessoas regressam mau tempo cheias
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)