Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Administração de Centro Hospitalar Médio Tejo de saída

A "degradação significativa" da situação financeira do Centro Hospitalar do Médio Tejo não abalaram o Conselho de Administração cessante que disse estar de "consciência tranquila", em hora da despedida.
20 de Novembro de 2011 às 13:49
Multa pode chegar aos 4.080 euros cada
Multa pode chegar aos 4.080 euros cada FOTO: d.r.

O relatório de uma auditoria é crítico para com a gestão do Conselho de Administração (CA) presidido por António Andrade, em funções desde Outubro de 2007 e em gestão corrente desde Outubro de 2010.

A situação económica e financeira do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT), que congrega os hospitais de Torres Novas, Tomar e Abrantes, tem vindo a degradar-se com os resultados líquidos em 2008 a terem um valor negativo de 23,2 milhões de euros e em 2009 de 24,1 milhões, continuando a subir desde então.

O relatório da auditoria financeira realizada pela Inspecção Geral de Finanças ao período de 2007 a 2010, datado de Julho último, considerava que o "péssimo funcionamento" da administração tornava "por demais urgente a nomeação de uma nova equipa".

O documento propunha que os novos gestores tivessem como prioridade "a elaboração de um plano de reorganização e racionalização dos serviços e a implementação de um eficiente e eficaz sistema de informação para a gestão e controle".

Em declarações à agência Lusa, poucas horas depois do Ministério da Saúde ter nomeado o engenheiro electrotécnico Joaquim Esperancinha para presidir ao novo CA do CHMT, António Andrade afirmou partir "de consciência tranquila com o trabalho realizado", tendo ainda considerado que "algumas críticas contidas no relatório são pertinentes, outras são mais injustas".

O administrador cessante, que afirmou "não ter a pretensão de fazer tudo bem nem querer contestar o relatório em si", justificou a "derrapagem" das contas com "problemas de ordem geral e comuns a outros hospitais EPE" e também a "questões que se prendem com a singularidade do CHMT", composto por três unidades hospitalares que distam 30 a 35 quilómetros entre si.

Centro Hospitalar Médio Tejo Administração auditoria gestão
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)